Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘mergulho’ Category

.

Como nos ultimos posts tenho falado sobre mergulho, me lembrei dos equipamentos fotográficos.

Existem várias opções e vou colocá-las abaixo:

A bolsa estanque pode ser descrita, grosseiramente, como um saco plástico com fechamento hermético. Ela serve apenas para quem não vai fazer mergulho profissional, já que só pode ser usada até 3 metros de profundidade.

A vantagem da bolsa estanque é que seu preço (em torno de R$ 80,00) é mais em conta e cada modelo pode ser usado em diversos tipos de máquinas fotográficas.

.

.

A outra opção é a caixa estanque (com preço em torno de R$ 700,00), um produto bem mais elaborado e que é feito especificamente para cada tipo de máquina. Geralmente essas caixas são fabricadas pelas próprias empresas que fazem as câmeras fotográficas.

Quem pretende mergulhar mais fundo precisará investir em uma dessas, pois podem ser usadas em profundidades de até 30 metros ou mais.

.

.

.

.

Depois ainda existem mais equipamentos como os flashes strobe que são usados por quem faz fotografia sub-aquática profissional.

.

.

A maior dificuldade que tivemos foi achar uma caixa estanque que servisse em uma de nossas máquinas. A solução foi comprar tudo novo: máquina e caixa…

Os nossos equipamentos nós compramos em uma loja de São Paulo que também vende pela internet, a Consigo. Já a bolsa eu vi na Fnac. Também vale a pena dar uma olhada no site da Ikelite.

.

Read Full Post »

.

.

Sou uma pessoa bastante medrosa, mas mesmo assim nadei com os tubarões! Ninguém deve deixar de experimentar essa aventura!!!

Tive duas oportunidades de nadar perto deles: uma no Lagoonarium de Bora Bora e a outra no mar em Moorea.

Meu marido ainda encontrou-os mais vezes nos mergulhos mais profundos.

.

.

Read Full Post »

.

Hoje vou deixar algumas fotos subaquáticas, mas elas nem sempre conseguem mostrar toda a beleza do fundo do mar. Basta clicar para vê-las em tamanho maior.

Espero que vocês gostem!

.
.

Read Full Post »

x

x
Após as explosões, foi dado ao Rainbow Warrior um lugar de descanso final na baía de Matauri, nas ilhas de Cavalli, pertencentes à Nova Zelândia.

A idéia foi proposta primeiramente pela associação subaquática da Nova Zelândia. Ele foi então rebocado para o norte com o casco remendado, em 2 dezembro 1987. Dez dias mais tarde, uma multidão acompanhou o enterro maori tradicional que foi dado a ele.

Em poucos anos o Rainbow Warrior se tornou parte integrante do ambiente que antes ajudava a proteger. Com o tempo ele transformou-se em um recife vivo e hoje possui um ecossistema complexo que transformou-o em um destino popular de mergulho.

Em 1987, o Greenpeace comprou uma nova embarcação, o Grampian Fame, e trocou seu nome para Rainbow Warrior. O novo Rainbow Warrior foi lançado em Hamburgo em 10 de julho de 1989, após dois anos de reparos.
x

Read Full Post »

.
• snorkeling •
  (fizemos e é um ótimo programa, além de muito gostoso não custa nada)
.
y.jpg.
.

Para fazer snorkeling basta ter os equipamentos e parar onde quiser e se deliciar com a maravilhosa vida marinha da região.

Tenho fotos maravilhosas que fiz na praia do próprio hotel, onde vi a raia mais bonita da minha viagem. Em outras vezes e lugares, sempre que resolvíamos mergulhar já encontrávamos belezas incríveis.

.

• scuba diving •
  (é maravilhoso!!!)
.
t.jpg.
.

Em quase todas as ilhas, e muitas vezes no próprio hotel, existem operadoras de mergulho. Mas não se esqueça que para praticar esse tipo de mergulho você precisa ter a certificação internacional. (leia mais no post sobre curso de mergulho)

A transparência da água na Polinésia Francesa é impressionante, você consegue ter uma visão bem ampla e bastante nítida.

Só para dar uma idéia, no dia do nosso batismo em Ilha Bela a visibilidade estava em torno de uns 20 centímetros e a visibilidade na região da Polinésia está sempre acima dos 30 metros!

Uma saída para mergulho, com um cilindro, sai em torno de XPF 7.700,00.

.

• outras atividades subaquáticas •
  (não praticamos as atividades descritas abaixo)
.
86.jpg.
.

Quem não quiser praticar nem snorkel e nem mergulho livre também pode explorar o mundo subaquático, pois além do snorkeling e do scuba diving ainda existem muitas outras opções para contemplar o fundo do mar.

Entre essas atividades estão os passeios em uma espécie de mini-submarino com janelas, sair para alimentar peixes multicoloridos usando o aquablue (uma espécie de capacete conectado à superfície por mangueiras de ar que aparece na foto acima), ou ainda fazer passeios em barcos com fundo de vidro.

.

Read Full Post »

0381.jpg
. 

Dois meses antes da viagem nós resolvemos procurar um curso de mergulho e deu tempo!!!

Em um final de semana fizemos o curso e no outro já fizemos nosso primeiro mergulho para tirarmos a carteira internacional de mergulhador da PADI que nos autoriza a descer até 18 metros de profundidade. Esse investimento também valeu a pena!

Se você resolver se preparar com mais antecedência do que nós, achamos que também vale a pena investir num curso de foto subaquática: tirar fotos embaixo da água é bem mais difícil do que parece. Na verdade a PADI oferece uma gama com mais de 20 cursos diferentes.

O nosso curso nós fizemos na Narwhal, e foi muito legal. Se você quiser saber mais informações sobre mergulho vale a pena visitar o site da Narwhal*.

* Atualização: Hoje, a escola que fizemos o curso em Campinas não é mais da rede Narwhal: agora ela se chama Keep Diving.

.

Read Full Post »