Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Fangataufa’

Tureia, também conhecida como Papa-Kena, é um atol situado no arquipélago de Tuamotu na Polinésia Francesa. Trata-se de um atoll de 15 km de comprimento por 8 km de largura, com uma superfície de cerca de 8 km2 e uma laguna de 47 km2.

Hakamaru (ou Fakamaru), com 227 habitantes e situada no extremo norte, é a única aldeia da ilha. Quase todo o solo arável de Tureia é coberto por coqueirais.

Entre 1966 e 1996, época em que eram feitos os teste nucleares franceses em Moruroa e Fangataufa, Tureia acolheu um campo do “Centro de Experimentação do Pacífico – CEP” e também uma estação meteorológica. Hoje, estas construções estão abandonadas.

Apesar de Tureia estar a mais de cem quilômetros de distância ao norte de Mururoa e de Fangataufa, ela ainda vem pagando a conta pelos testes nucleares.  Os habitantes desse atol tem vivido com medo da possibilidade de deslizamento de algumas barreiras de corais próximas a Mururoa que provocariam ondas que podem acabar devastando Tureia por completo.

Saiu uma reportagem no Le Monde (Mururoa : après l’atome, la menace du tsunami) no dia 11/02/2011 que fala sobre essa possível tragédia; no UOL é possível ler essa mesma reportagem em português sob o título de Fragilizado, atol de Tureia poderá sofrer um deslizamento de terra seguido de ondas oceânicas.

.

Tureia 2008 – vestígios do CEP na laguna (foto de Julie Pomery)
fonte: Mururoa – Mémorial des essais nucléaires français*

.  

Mapa da Polinésia Francesa com a localização de Tureia e Mururoa
fonte: Mururoa – Mémorial des essais nucléaires français*
.  
.

* Se você se interessa pelas questões que envolvem o testes nucleares executados na Polinésia Francesa, então não deixe de visitar o site Mururoa – Mémorial des essais nucléaires français.

.

Anúncios

Read Full Post »

.

Não tem como falar do Arquipélago de Tuamotu e não se lembrar dos ensaios nucleares que França realizou nesta região.

Entre os anos de 1960 e 1996, a França realizou 210 testes nucleares. Destes, 17 testes foram realizados em uma região do Saara Argelino, entre os anos de 1960 e 1966, e os outros 193 testes foram realizados no Pacífico Sul.

No ano de 1956, foi secretamente formado o “Comitê para Aplicações Militares da Energia Nuclear”. Era criado então o programa para o desenvolvimento de sistemas de lançamento de artefatos nucleares.

Em 1958, Charles De Gaulle assumiu novamente a presidência da França e, foi então dado sinal verde para o desenvolvimento da bomba nuclear francesa. Como resultado, já em 1960 a França fazia seu primeiro teste nuclear e se tornava a quarta nação a desenvolver e testar artefatos nucleares.

Em julho de 1962, foi tomada a decisão de criar uma nova base de testes nucleares e o local escolhido foi a na Polinésia Francesa, mais precisamente os atóis de Moruroa (também chamado de Mururoa) e de Fangataufa servriam como base para o “Centre d’Experimentation du Pacifique”.

Estes atóis foram escolhidos por razões geográficas: ambos eram desabitados, eram de fácil acesso, estavam distantes de regiões povoadas,e também estavam longe de rotas aéreas e navais. Além disso, a região apresentava condições metereológicas favoráveis para testes nucleares atmosféricos.

.

.

Read Full Post »