Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Rangiroa’

.
Lan Chile, Air Tahiti e Air Moore
.

Apesar de já ter colocado bastante informação sobre a Polinésia Francesa, nunca descrevi certinho como foi nossa viagem e muita gente tem me perguntado sobre ela nos comentários.

Na verdade quem decidiu para onde iríamos viajar foi um casal de amigos que são donos de uma agência de turismo,a Confratur Turismo, e que conhecem o mundo inteiro. Eles viviam nos dizendo que nossa lua-de-mel tinha que ser no Tahiti e conseguiram nos convencer.

Nós viajamos pela Queensberry, porém o roteiro fui eu que montei e o pessoal da agência acertou tudo o que precisava. A escolha final foi: Papeete, Rangiroa, Moorea, Bora Bora e Santiago.

Voamos pela Lan Chile, fora os vôos entre as ilhas que foram pela Air Tahiti, exeto para moorea que foi com o “enorme” Air Moorea. Como o vôo é bem longo, optamos por viajar na classe executiva: já estávamos gastando bastante mesmo e com um pouquinho a mais chegamos lá descansados e prontos para aproveitar cada minuto no paraíso.

Saimos do Brasil com a hospedagem e os vôos todos acertados, só deixamos os passeios para acertar por lá –o que foi super tranquilo.

Antes da viagem, apesar de não ser mais exigido, tomamos a vacina para a febre amarela. Acho que quem viaja para esses lugares mais isolados também deve estar com a vacina de tétano em dia, mas isso é só uma questão de precaução. Sobre esse assunto é sempre ver a informação atualizada no site da ANVISA.

Também fizemos um curso de mergulho especialmente para essa viagem, assim tiramos nossa carteirinha da PADI (Professional Association of Diving Instructors) e pudemos mergulhar tranqüilos. Mas quem não quiser não precisa, essa carteirinha só é exigida para fazer mergulho em lugares fundos – nós chegamos a descer cerca de trinta metros). Se você pretende ficar no raso não precisa de nada disso.

Em resumo foi assim que nossa viagem aconteceu; no próximos posts vou falar sobre ela com mais detalhes.

.

Rangirao, Mororea e Bora Bora

.

Read Full Post »

.

Antes que eu suma de novo…  Aí vai mais um papel de parede!

É a foto que eu usei no cabeçalho do blog.  Acho ela Linda!!!

 .

.

Read Full Post »

.

Estes dias tem sido um pouco complicados e não tenho tido muito tempo para o blog.

Hoje vou colocar uma bela paisagem para quem quiser usar de papel de parede ou apenas apreciá-la. Na semana que vem vou continuar com a lista dos hotéis, dos mais caros aos mais em conta, em outras ilhas como Rangiroa, Huahine, Manihi, Maupiti…

Um abraço para todos!!!

.

13_

.

Read Full Post »

.

vin_rang_03
.

Rangiroa possui uma vinícola única no mundo numa região tropical na qual a temperatura é praticamente constante durante todo o ano. Está localizada bem ao lado da laguna e cercada por um coqueiral, ela produz duas colheitas por ano: uma no verão e outra no inverno.

Essa história começou há pouco mais de dez anos quando Dominique Auroy decidiu aventurar-se a produzir vinho na Polinésia Francesa, basesndo-se no fato de que esta região importa, por ano, mais de quatro milhões de garrafas de vinho para consumo local.

Hoje, a vinícola produz cinco tipos de vinho: Rouge, Rosé, Blanc Sec, Blanc Moelleux e Blanc de Corail.

O acesso ao vinhedo é feito através de barco e também é através de barcos que as uvas são transportadas até a vila onde serão transformadas em vinho.

Na vila de Avatoru tem uma loja onde é possível comprar esses vinhos, fazer degustação e também agendar uma visita à vinícola. Mas não se preocupe se Rangiroa não está em seu roteiro, em Papeete é bem fácil de encontrar o “Vin de Tahiti – Domaine Dominique Auroy“.

.

vin_rang_02

.

Read Full Post »

.
● Bora Bora ●
.
bora.jpg
   Le Méridien Bora Bora
.

Em Bora Bora chegamos a ficar impressionados com a enorme quantia de resorts um ao lado do outro, o mar nesta região é de uma beleza incrível mas a idéia de paraíso se perde um pouco em meio à enorme quantia de bangalôs.

Além dos já existentes, vimos pelo menos mais três resorts enormes em construção como o Four Seasons Resort Bora Bora que será inaugurado em meados de 2008.

Entre as inúmeras opções de hospedagem nesta ilha estão o Bora Bora Lagoon Resort & Spa que tem um dos melhores restaurantes da ilha, o InterContinental Bora Bora Resort e Thalasso Spa, o InterContinental Le Moana Bora Bora e o Bora Bora Pearl Beach Resort & Spa.

Nós acabamos escolhendo o Le Méridien Bora Bora por oferecer os bangalôs  sobre a água com os maiores pisos de vidro. Essa também foi uma ótima escolha!

O hotel é lindo, seus dois restaurantes são ótimos (apesar de caros) e o café da manhã era enorme e incluía desde as opções mais básicas até pratos que os japoneses costumam comer e que parecem mais um almoço.

A mordomia do hotel é imbatível, o nosso quarto era arrumado duas vezes por dia: de manhã para deixar tudo em ordem no quarto e no banheiro e à tardinha para preparar uma ótima noite de sono incluindo essências que eram colocadas sob o travesseiro e um folder com lendas da região para ser lido antes de dormir.

Ah, neste hotel também em um centro de recuperação de tartarugas!

.
● Rangiroa ●
.
rang.jpg
   Hotel Kia Ora

Faltava encontrar o paraíso polinésio que tínhamos em mente, mas por sorte incluímos Rangiroa em nossa viagem!

Lá tem apenas dois hotéis: o Rangiroa Novoteal Lagoon Resort e o Hotel Kia Ora, que também tem a opção do Kia Ora Sauvage onde os hóspedes ficam em um motu particular podendo mergulhar um pouco mais na experiência de estar realmente perdido no meio do paraíso.

Nós ficamos no Kia Ora e foi uma ótima escolha, em nossa opinião essa ilha é imperdível! Ela parece menos modificada do que as outras, até mesmo os funcionários do hotel parecem manter um ar mais nativo e menos “internacional”, ao contrário do serviço que encontramos nos outros hotéis da nossa viagem, mas sem comprometer em nada a qualidade do atendimento.

Aqui optamos novamente por um bangalô no jardim, mas se um dia puder voltar para lá vou preferir um na praia ou sobre a água.

Ele fica no meio de um coqueiral, voltado para a lagoa interna do atol e bem próximo do mar aberto. Os motus que formam o atol de Rangiroa são estreitos e em muitos locais podíamos ver o mar azul profundo e do outro a imensa lagoa azul turquesa.

Os únicos bangalôs sobre as águas em Rangiroa são esses da foto.

.

Read Full Post »

.

Quando escolhi o roteiro da minha viagem resolvi optar por ilhas que apresentassem alguma diferença entre si. Gostaria muito de ter ido a Taha’a (a ilha da baunilha) mas o tempo não seria suficiente.

Abaixo vou colocar uma foto de cada uma dessas ilhas que visitei e ao lado delas seu mapa, através deles dá para ver como elas realmente são diferentes umas das outras.

.

Tahiti

Faz parte do Arquipélago Societè e é nela que fica a capital Papeete. É a maior ilha da Polinésia e é dividida em duas partes: Tahiti Nui (grande Tahiti) e Tahiti Iti (pequeno Tahiti) ligadas entre si por um pequeno trecho de terra.

Aqui eu fiquei apenas um dia na ida e uma na volta pois mas me arrependo de não ter reservado pelo menos mais dois dias para explorá-la e ter tempo para conhecer lugares como seu famoso e típico mercado e também Teahupoo, um local mundialmente famoso por suas incríveis e gigantescas ondas.

.

02.jpg

.

 mapa-papeete.jpg

.

Moorea

Está logo em frente ao Tahiti e a travessia pode ser feita através de barcos (de avião são apenas seis minutos).

Ela tem um ritmo de vida extremamente tranqüilo, dando uma sensação verdadeiramente paradisíaca, mas também tem algumas lojinhas e pequenos mercados espalhados à sua volta.

Moorea oferece a oportunidade de se fazer passeios em trilhas por áreas cobertas de vegetação e visitas a sítios arqueológicos, além das diversas atividades aquáticas oferecidas em todas as ilhas.

.

mapa-moorea2.jpg

.

mapa-moorea.jpg.

Bora Bora

Ela foi definida por James Cook como “A Pérola dos Mares do Sul” e ainda hoje, dois séculos depois, tal descrição continua a fazer jus a essa ilha de beleza indescritível.

Na verdade deve ser o grande sonho de todos que vão até a Polinésia. Ela é linda, maravilhosa e tem um mar que a cada minuto parece estar mais azul e mais bonito do que antes, é realmente indescritível.

O único senão que achei é que já foi tão invadida por resorts gigantescos que se estendem sobre suas águas que em destroem um pouco a idéia de estarmos num paraíso isolado de tudo no mundo.

Mas se um dia eu puder voltar para a Polinésia com certeza iria novamente até Bora Bora.

.

mapa-borabora2.jpg

. 

mapa-borabora.jpg

.

Rangiroa

Faz parte do arquipélago de Tuamotu, e é uma das preferidas dos amantes do mergulho. Rangiroa em polinésio significa “céu sem fim” e é verdade: em alguns momentos chega a ser difícil distinguir no horizonte onde termina o mar e começa o céu.

Rangiroa é autentica, ainda selvagem e vale a pena explorá-la. É o segundo maior atol do mundo e lá pude visitar uma fazenda de pérolas!!!

Na minha opinião foi a ilha mais mágica das que pude conhecer, lá eu realmente me senti perdida no meio do paraíso.

.

mapa-rangiroa21.jpg
 
.
mapa-rangiroa.jpg

Read Full Post »